Centro de Cidadania LGBT é ampliado e oferece mais conforto e acolhimento aos usuários

Na manhã desta quarta-feira, 17, Dia Internacional de Luta Contra a LGBTfobia, a Prefeitura Municipal de João Pessoa entregou as obras de reforma e ampliação do Centro da Cidadania LGBT. Criado através da Coordenadoria de Promoção Cidadania LGBT e Igualdade Racial, o local ganhou dez novos espaços para atendimento ao público, podendo assim ampliar serviços e oferecer mais conforto aos usuários.

Anteriormente o Centro da Cidadania LGBT ocupava apenas duas salas no andar térreo do imóvel localizado no Parque da Lagoa, agora são 12 salas. “Agora só de salas de psicologia temos três e pudemos instalar uma biblioteca. Mais espaço era necessário, pois atendemos cerca de 500 pessoas por mês. Só no Programa Transcidadania são mais de 300” comemora o coordenador de Promoção à Cidadania LGBT, Roberto Maia.

Ainda de acordo com Roberto Maia, receber o suporte de um órgão como o Centro de Cidadania, pode ser decisivo na vida de uma pessoa da população LGBT. “Estamos dando suporte agora, por exemplo, a um rapaz do interior que foi expulso de casa pelo pai, pelo fato dele ser homossexual. Ele está na Casa de Acolhida, fazendo curso profissionalizante e voltou a cursar o ensino médio”, conta. Para Maia, o principal objetivo é dar autonomia às pessoas que procuram o Centro e já existem muitos relatos de pessoas que atualmente estão em situação favorável graças ao suporte inicial assegurado no local.

Maia lamenta que em outros lugares do Brasil, órgão semelhantes tenham sido fechados. Como conseqüência, o Centro da Cidadania LGBT de João Pessoa recebe pessoas de todo o Brasil em busca de apoio. “Temos cada vez mais demanda, recebemos gente até de Goiás. Somos uma fresta de luz na escuridão para muita gente”.

E o Centro da Cidadania LGBT foi realmente uma “fresta de luz” na vida de Josué Cardoso Leite quando ele foi expulso de casa e precisou morar na rua. “Aqui eles me direcionaram para Casa de Acolhida, passei oito meses no local, fui encaminhado ao programa de habitação e todas as portas se abriram. Estão me ajudando a cuidar da minha saúde e a buscar um emprego. O Centro me ajudou no momento em que eu mais estava precisando”.

O Centro da Cidadania LGBT está localizado no Parque da Lagoa, nº 196 e oferece assistência jurídica e psicológica, assistência social, praticas integrativas de saúde e cursos profissionalizantes com encaminhamento ao emprego em empresas parceiras.