Coordenadoria LGBT ministra oficina para Junta de Serviço Militar sobre diversidade sexual

11 jul 16 

A Coordenadoria de Promoção à Cidadania LGBT e Igualdade Racial da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) se reúne nesta terça-feira (12), das 11h às 13h, com profissionais da Junta de Serviço Militar do Exército para dialogar sobre diversidade sexual e respeito à identidade de gênero de travestis e transexuais.

Na ocasião, a equipe da Coordenadoria vai ministrar uma oficina para os profissionais da Junta com o foco na Portaria Municipal 384/2010, que estabelece o uso do nome social em toda rede de atendimento para travestis e transexuais.

“O nosso objetivo é tornar a portaria conhecida por esses profissionais, para que eles também possam respeitar travestis e transexuais de acordo com a sua identidade de gênero, levando dignidade a esta população no momento da dispensa da sua reservista”, ressaltou o coordenador de Promoção à Cidadania LGBT, Roberto Maia.

Segundo Maia, muitas mulheres trans têm receio de solicitar a dispensa e acabarem convocadas a servir no quartel. “O que nós queremos garantir é que o respeito às mulheres trans aconteça na sua integralidade. Nenhuma mulher é obrigada a servir, portanto, as mulheres trans também não devem ser”, reforça.

O diálogo com profissionais e oficiais do Exército já rendeu algumas conquistas, segundo Maia. “Exigia-se, no ato da dispensa, que as mulheres trans escondessem a aparência da sua identidade de gênero. Elas não podiam posar para foto ou jurar a bandeira com cabelos soltos, por exemplo. Em reunião realizada na semana passada nós pactuamos para que a identidade de gênero seja respeitada na sua integralidade”, acrescentou o coordenador de Promoção e Cidadania LGBT